• Compartilhar Facebook
  • Compartilhar Twitter
  • Compartilhar GPlus
  • Compartilhar Whatsapp
  • Compartilhar Instagram
  • Compartilhar Snapchat
  • Compartilhar Telegram
  • Assinar Rss
  • Assinar Rss

Brasileira Cristiane Murray é nomeada vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé

-2221

O Papa Francisco escolheu a jornalista brasileira Cristiane Murray como nova vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé. Com esta nomeação pontifícia, completa-se a equipe que coordenará a informação vaticana e a relação com os jornalistas creditados junto à Santa Sé.

Cristiane Murray tem 53 anos e trabalha desde 1995 na comunicação vaticana, primeiro na Rádio Vaticano e depois se incorporou ao Dicastério para a Comunicação.

Murray nasceu no Rio de Janeiro em 10 de março de 1962 e estudou Administração de Empresa e Marketing pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Na Rádio Vaticano, trabalhou no programa de língua portuguesa na redação de notícias, entre os temas, destaca a atividade da Igreja missionária no mundo.

Além disso, realizou diversas transmissões radiofônicas ao vivo das cerimônias pontifícias e cobriu algumas das viagens internacionais do Santo Padre.

Desde 2018, colabora com a Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos na preparação da própria Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Amazônia, que acontecerá no Vaticano, em outubro de 2019.

Além de italiano e português, Murray conhece espanhol, francês e inglês.

Primeira declaração após a nomeação

Em um comunicado da Sala de Imprensa vaticana, Murray declarou que recebeu “essa nomeação com muita emoção”, porque para os jornalistas do Dicastério para a Comunicação, “é um reconhecimento do nosso trabalho no dia a dia, levando ao mundo o Evangelho, a mensagem do Papa e da Igreja”.

Nesse sentido, a nova vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé agradeceu ao Papa Francisco também “em nome de todos nós, sobretudo nós mulheres, porque ele me escolheu para esse cargo tão importante”.

“Eu asseguro a todos os meu empenho, meu esforço e o meu entusiasmo, sobretudo ao Diretor, Matteo Bruni, e a todo o grupo da Sala de Imprensa, a serviço da Santa Sé”, acrescentou Murray, após agradecer também aos dirigentes do Dicastério para a Comunicação, assim como aos líderes da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, com os quais colaborou durante um ano na preparação do próximo Sínodo para a Amazônia.

Nomeação de uma mulher

Por sua parte, o Prefeito do Dicastério para a Comunicação, Paolo Ruffini, destacou que “a escolha de uma mulher com raízes no Brasil e com o olhar aberto sobre o mundo testemunho a vontade de construir uma equipe que saiba falar a linguagem de quem nos escuta”.

“Tenho certeza de que Cristiane, que há tantos anos trabalha nos meios vaticanos e cujo profissionalismo e humanidade foram sempre apreciados, dará uma contribuição fundamental de inteligência, sensibilidade, memória e projeto ao serviço que todos juntos buscamos oferecer à Igreja”, concluiu Paolo Ruffini.

Com as nomeações de Matteo Bruni como Diretor e de Cristiane Murray como Vice-Diretora, completa-se o organograma da Sala de Imprensa do Vaticano, cuja estrutura inclui: o Gerente da sala, Thaddeus M. Jones, que trabalha na comunicação vaticana desde o então Pontífice Conselho para as Comunicações Sociais (PCCS); dois assistentes do diretor que são a religiosa paulina Bernadette Reis e o jornalista Raúl Cabrera Pérez, ambos antigos redatores da Rádio Vaticano; e Romilda Ferrauto, como consultora veterana.

Compartilhe!

Contador de Cliques