-

Ze pereira

The flanders

(Letra e Música: Marcelo Machado)

E
Zé Pereira era cabra arretado sim sinhô
Hôme pai de sete filho, um rapaz trabalhadô
Largô tudo nessa vida inté uma mulé de bem
Foi simbora pa Sum Paulo: "Lá eu sei que emprego têm"
E
E chegando lá em Sampa não sabia oquê fazer
Quando viu a multidão no Terminal do Tietê
Muitas classes diferentes, muitos níveis sociais
Teve mesmo que ficar, pois voltar não dava mais
Foi ralando noite dia que o homem se deu bem
De servente de pedreiro até cobrador de trem,
Mas tirou a sorte grande quando sem querer um dia
A conselho de Antônio apostou na loteria
Zé Pereira ficou rico, pois ganhou muito dinheiro
Comprou uma pá de coisa e viajou o mundo inteiro
Se esqueceu de sua família, dos amigos, da raiz
De Deus também se esqueceu...
E
Oh! Oh! Zé Pereira, (2x)
E
Deixe de fazer besteira, Zé Pereira
E
Oh! Oh! Zé Pereira....
E D A
Num almoço de negócios se engasgou com o caviar
G E 
E as ovas dos peixinhos nem sem onde foi parar
D A
Zé Pereira adoeceu e acabou ficando mal
G E
Então chamaram uma ambulância e ele foi para o hospital
D A
Foi então que se lembrou que ainda tinha uma família
G E
Mandou chamar a sua esposa, os filhos e a sogra D. Emília
D A
"Oh meu Deus cê me disculpa, os pecado que eu faltei,
G E
Hoje tô arrependido agora sei que eu errei"
E D
Como o filho que ele viu que um dia foi depois voltou
A G
Deus lhe devolveu a vida e Zé Pereira se curou
E D 
Dividiu o seu dinheiro e homem bom ele virou
A G
Hoje leva a vida aos outros vive falando de amor
E D A G
Oh! Oh! Zé Pereira (2x)
E D A G
Vê se não marca mais bobeira Zé Pereira
E D A G
Oh! Oh! Zé Pereira...

Contador de Cliques