Este pranto em minhas mãos

Letra - Este pranto em minhas mãos canto

Muito alegre eu Ti pedi o que era meu, partir!
Um sonho tão normal.
Dissipei meus bens, o coração também.
No fim, meu mundo era irreal.

Confiei no Teu amor e voltei.
Sim aqui é o meu lugar!
Eu gastei Teus bens ó Pai e Te dou,
este pranto em minhas mãos.


Mil amigos conheci disseram adeus.
Caiu a solidão em mim.
Um patrão cruel levou-me a refletir:
meu Pai não trata um servo assim!

Nem deixaste-me falar da ingratidão;
morreu no abraço, o mal que eu fiz.
Festa, roupa nova, anel, sandálias aos pés; voltei
à vida, sou feliz.


Cifra - Este pranto em minhas mãos canto




Video - Este pranto em minhas mãos canto




Homilia Reflexão do Evangelho

Revista Vida Pastoral
Roteiros Homilia do EvangelhoFique por dentro da liturgia do domingo acompanhando os roteiros e reflexão do Evangelho e da Sagrada Liturgia.

Contador de Cliques